Alerta! Cervejeiro da 8ª Colina admite: "Nunca fizemos cerveja!"


É verdade. Digo muitas vezes esta frase, e de facto um cervejeiro não faz cerveja. O processo de produção de cerveja consiste em pegar em malte de cereais, misturar com água e transformar esta papa num líquido açucarado. Dito de outra forma: transformamos cereais em açúcar. Mas para quê ? de certeza que não será para colocar no café. O facto é que qualquer bebida alcoólica passa por uma etapa fundamental e mágica de fermentação onde alguns microorganismos transformam açúcar em álcool. Ora esses simpáticos microorganismos (sim, existem microorganismos simpáticos) são nada mais nada menos que leveduras, ou de forma mais científica Saccharomyces Cerevisiae.

Estes palavrões com sonoridade latina constituem uma referência à natureza deste microorganismo. Saccharomyces advém de myces, fungo, tal como os cogumelos e bolores e saccharo de acúcar. Trata-se pois de um fungo que gosta de açúcar, mas que por capricho metabólico converte esses açúcares em álcool e dióxido de carbono. De forma simples, a levedura produz esse inebriante composto que é o álcool e o gás da cerveja, CO2, que lhe confere vivacidade, e tudo de forma natural. Para além disto, a levedura ainda nos brinda com a produção de uma vasta panóplia de compostos aromáticos que conferem todo um bouquet, sensações olfactivas e sabores que distinguem uma vulgar água com álcool, de algo mais nobre como uma cerveja.

Compete então ao cervejeiro criar açúcares em quantidade suficiente. Dotar o mosto dos nutrientes adequados (que se encontram no malte, mas não em cereais como milho ou arroz). Aromatizar este mosto com lúpulo fresco que confere também protecção contra bactérias lácticas e outros microorganismos indesejados. A partir daqui a tarefa recai em milhões de seres microscópicos que trabalhando 24h por dia transformam o mosto em cerveja.

Queria com este primeiro post homenagear as minhas maiores aliadas, que exigindo pouco mais que atenção e carinho nos permitem usufruir de momentos de prazer e convívio. Em tempos em que muito se fala de microorganismos, celebremos a levedura!


Fernando Gonçalves

- Brewmaster 8ª Colina

fblogo-01.png
iglogo-01.png
twitter logo-01.png
linklogo-01.png
untappd logo-01.png

Tv. Pereira 16A, Arm. 5

1170-313  Lisboa